Google Glass consegue patente para medir quando e quanto os usuários olham propagandas

Não é nenhuma novidade que o crescimento da internet diminuiu (e muito) a audiência que meios mais tradicionais como a televisão e o jornal achavam que duraria para sempre. A característica de navegação livre da web tem desesperado publicitÁrios que não conseguem mais garantia que suas propagandas serão vistas. Pensando nisso, a Google conseguiu uma patente para o seu Glass que pode ajudar a resolver esse "problema".


Internautas imaginaram como o Google Glass realmente vai "ver o mundo"


Fazendo uma piada com o "pay-per-view" (comum em TVs por assinatura), o Phys chama o recurso de "pay-per-gaze" (pague por olhar). Com essa tecnologia, o gadget conseguiria calcular quando e quanto tempo o usuÁrio passa olhando uma propaganda, e depois reportar aos donos da publicidade (para a Google poder cobrar posteriormente, claro). Segundo o The Verge, o "pay-per-gaze" no Google Glass mediria até a resposta emocional da pessoa ao ver a propaganda, através da dilatação da pupila.

Alvo recente de discussão sobre privacidade (mais especificamente, a invasão dela), a Google jÁ se preocupou em declarar que, se o recurso for de fato instalado, o usuÁrio pode optar por desativÁ-lo e que as informações obtidas são enviadas anonimamente. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.