Petição para acabar com os captchas tem mais de 1000 assinaturas

Quase todo mundo que usa a internet com frequência já se incomodou com os captchas, aqueles testes usando letras distorcidas que os sites usam para diferenciar humanos de robôs. Muitas vezes as letras acabam ficando tão distorcidas que fica impossível de ler o que está escrito, e temos que tentar uma segunda e talvez até uma terceira vez antes de acessar um link ou concluir o cadastro que estamos tentando. 

Se você acha que tem problemas com isso, acredite: quem é deficiente visual tem mais problemas ainda. Além dos captchas serem muito difíceis para os que enxergam alguma coisa, eles são impossíveis para os cegos, pois eles não podem ser lidos por softwares de leitura de tela. E é por isso que um deficiente visual na Austrália chamado Wayne Hawkins resolveu começar uma petição - que já atingiu 1000 assinaturas para encorajar as empresas a acabarem com o costume de usar o captcha.


Wayne Hawkins ainda escreveu uma carta aberta a vários CEOs, como Larry Page - do Google - e Mark Zuckerberg - do Facebook - pedindo para que eles adotassem outras formas de verificação de segurança na hora de fazer cadastro em seus sites. Na carta, ele diz que essas alternativas fariam com que os cegos não precisassem mais 'perder horas tentando completar uma simples tarefa, como criar uma conta de e-mail'.

Algumas iniciativas tentam acabar com os captchas. Umas delas é a startup 'Are You a Human', que sugeriu minigames para substituir os captchas. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.