CEO da Amazon compra o Washington Post

Em uma aquisição que pegou muita gente de surpresa, o CEO da Amazon, Jeff Bezos, adquiriu o tradicional jornal The Washington Post por US$ 250 milhões. Bezos, 19º homem mais rico do mundo segundo a Forbes, adquiriu todo o conglomerado do jornal, o que também inclui sites e outros jornais da rede, exceto o TheRoot.com, Sate e o Foreign Policy, que seguem de posse da companhia do The Washington Post Company.

 A compra tem sido atribuída apenas a Bezos, sem relação com a Amazon

Apesar do crescimento da rede na Área de venda de conteúdos, por parte da Amazon.com, a compra tem sido anunciada no site da empresa como "totalmente de Bezos", ou seja, não inclui de forma alguma a gigante das vendas online. Bezos, além do atual CEO, é também o fundador da Amazon.

O The Washington Post estÁ em uma fase complicada, com perdas sucessivas nas vendas de conteúdo, fazendo parte de uma tendência que vem afetando a maior parte dos jornais americanos. O "Post" reportou perdas de 49.3 milhões de dólares no primeiro semestre deste ano, sendo que também fechou o ano de 2012 "no vermelho", com perda de 33.2 milhões.

- Continua após a publicidade -

O The Washington Post pertenceu a família Graham por 80 anos. É um dos jornais mais conceituados nos Estados Unidos, e tem em seu "currículo" casos históricos como o escândalo de espionagem que ficaria conhecido como "Caso Watergate", uma investigação jornalística que levou a queda do então presidente Richard Nixon.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.