Apple abandona processo contra a Amazon pelo uso do termo "app store"

JÁ faz algum tempo que a Apple e a Amazon andavam brigando na justiça pelo direito de usar o termo "app store". A maçã se dizia dona da "marca", enquanto a Amazon argumentava que o termo era genérico demais para ser utilizado por uma única empresa.

Agora, ambas as companhias (e quem mais quiser) estão livres para usar a expressão. Segundo a Reuters, a Apple desistiu do processo, afirmando "não ver mais necessidade de prosseguir com o caso", nas palavras da porta-voz Kristin Huguet.

 


"Com mais de 900 mil apps e 50 bilhões de downloads, os consumidores sabem onde eles podem comprar seus apps preferidos", completou Huguet. "Essa foi uma decisão unilateral da Apple de abandonar o caso e deixar a Amazon livre para usar ‘app store'", disse o advogado da Amazon, Martin Glick.

O processo tramitava desde 2011. O juiz Phyllis Hamilton chegou a rejeitar o pedido da Apple para que a Amazon a abandonasse o nome "Amazon App Store", mas um julgamento foi marcado porque o juiz também não concordou com o argumento de que o nome seria genérico e que a Amazon poderia, desta forma, também usÁ-lo. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.