Tecnologia 3G existe apenas em metade do Brasil

O 4G pouco a pouco chega ao Brasil, mas a tecnologia da geração anterior ainda não se consolidou o suficiente. O 3G só tem cobertura em pouco mais da metade de todos os municípios brasileiros. Do total de 5.570 cidades, a rede só estÁ disponível em 2.827, segundo um levantamento da Anatel feito a pedido do Olhar Digital.

Os dados mostram que nenhum estado brasileiro tem cobertura total do 3G. Minas Gerais tem o maior número de locais sem cobertura, com 362 localidades.



Na assinatura dos contratos para operar o 3G, em abril de 2008, as operadoras se comprometeram a levar a tecnologia a todas as cidades com até 100 mil habitantes em até cinco anos. A maioria dos locais sem acesso tem menos de 30 mil habitantes. No entanto, ao concordarem com os termos de autorização para implantar o 4G, as teles garantiram à Anatel que toda a população, incluive das Áreas rurais, teria acesso à Internet móvel até 2015.

As metas da Anatel exigem que o percentual de locais atendidos suba gradativamente. Em dezembro do ano que vem, 60% das cidades deverão ser atendidas, número que precisa chegar a 100% em 2015, daqui a apenas dois anos. Caso descumpram as metas, as operadoras estão sujeitas a punições, como multas de até R$50 milhões. 

A lista completa de Áreas não atendidas estÁ disponível no Olhar Digital.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.