CPUs com chipset H87, H81 e B85 são overclockadas em placas-mãe ECS

Uma das principais características de chipsets com o começo H, como o H87 e H81, é que estas placas não são capazes de efetuar overclock de seus processadores. Em contrapartida, modelos com o começo Z, como o Z68, são capazes de aumentar a frequência da CPU (contanto que o processador também seja desbloqueado).

Por isto, um benchmark surpreende por exibir um overclock feito em um chipset que, teoricamente, não seria capaz desta modificação no funcionamento do sistema. A ECS conseguiu o overclock em placas-mãe "não-Z" em modelos com chipset H87, B95 e H81, através do ajuste do CPU Ratio nas configurações da BIOS, entregando uma forma muito simples de overclocking do processador.

Com este "drible" da ECS sobre esta limitação teórica desta família de chipsets, alguns modelos mais baratos acabam de ganhar a capacidade de efetuar o overclock, opções interessante principalmente para overclockers casuais. Para os mais "hardcore", os modelos com chipset da "linha Z" ainda fazem mais sentido, pois apesar de serem mais caros, a maioria dos modelos possuem uma série de tecnologias para tornar o overclock do sistema mais estÁvel.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.