Para executivo da Microsoft, comparação do hardware do Xbox One e do PS4 "não siginifica nada"

Albert Penello, chefe do setor de planejamento de produtos da Microsoft, declarou em entrevista que as especificações do PS4 que a Sony usa para se gabar são um "punhado de números, que de alguma forma não significam nada. Porque não é como 1990, quando era 16 bits versus 32 bits".


Penello justificou seu argumento dizendo que as pessoas não se importam com os números, e que o importante são os games. "A caixa vai ser demais. Os games vão ser demais. Eu ouvi esse exato mesmo argumento na geração passada e é um argumento inútil, porque as pessoas estão debatendo coisas das quais elas não sabem. Elas não são o Nick Baker (engenheiro executivo na Microsoft) e eu não sou o Mark Cerny (arquiteto executivo do PS4), então por que estamos tendo essa discussão?"

O executivo garante ainda que os jogos no Xbox serão tão bons quanto, ou até melhores, do que no PS4. E ainda faz questão de mencionar de novo a troca instantânea entre telas e o "poder da nuvem" que a Microsoft vêm frisando com bastante veemência desde o anúncio do console.

"Então todo esse jogo de números, é, eu tenho acompanhado online e é tipo, nós tentamos ter essa discussão da última vez. Eu quero falar de HDMI 1.3 ou 1.4? Tipo 'argh!' isso não importa. Você viu Call of Duty? Ele estÁ f*da! Vai ser incrível, sabe... Então estamos apenas dizendo, não vale a pena o debate."

- Continua após a publicidade -

A entrevista foi feita pela OXM (Official Xbox Magazine). Para quem quer se lembrar, acesse nosso comparativo entre as especificações do Xbox One e do PS4.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.