Placa-mãe Maximus VI Extreme, da ASUS, quebra recordes mundiais de overclock

A ASUS anunciou hoje que a placa-mãe ROG Maximus VI Extreme, baseada no chipset Intel Z87, alcançou uma taxa de aproveitamento de 91% em um torneio de overclock patrocinado pela Intel e Corsair na Computex 2013. Competindo com placas top de diversas marcas, a motherboard da ASUS ficou na primeira colocação em 10 das 11 categorias.

Além disso, a placa-mãe participou da quebra de oito recordes mundiais. O overclocker Mad222 utilizou a Maximus VI Extreme para alcançar 7.1GHz em um processador Intel Core i7 da quarta geração. Outra marca atingida foi a de 3957MHz em quatro módulos de memória DIMM DDR3, a mais rÁpida em uma mainboard Z87.

As seis quebras de recorde restantes incluem resultados no PiFast, SuperPi 32M, 3DMark01, 3DMark05, 3DMark06 e AquaMark3. As marcas foram alcançadas por overclockers renomados da equipe ROG e convidados.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.