E3 2013: Call of Duty: Ghosts tenta inovar com nova engine e cachorros-soldado

Todo novembro é assim: um novo "Call of Duty" chega ao mercado e mobiliza uma legião de fãs e de haters. Neste ano não serÁ diferente e "Call of Duty: Ghosts" pode ser o novo campeão de vendas da produtora Infinity Ward e da distribuidora Activision Na E3 2013, o Adrenaline teve acesso a uma apresentação fechada do game e conta agora o que pode conferir em primeira mão.

A apresentação começa com uma pequena amostra do que a nova engine preparada pela produtora serÁ capaz de fazer pelo novo episódio do FPS. Além de maior quantidade de detalhes, "Call of Duty: Ghosts" tem texturas mais apuradas nos objetos, volume mais crível em estruturas diversas, iluminação mais dinâmica e efeitos com partículas suspensas em praticamente todos os ambientes. Não é um tipo de evolução que vai surpreender ou deixar jogador algum boquiaberto, mas deve agradar principalmente aos fãs da série.

JÁ o teste de gameplay, conduzido exclusivamente por um dos produtores do jogo, começa na missão "No Man's Land". No trecho mostrado, o jogador passa a conhecer a importância dos cachorros-soldado. Além de acompanharem os protagonistas em campo de batalha, servem de apoio a ataques surpresa e verificação de territórios. É possível, através de uma câmera montada na roupa especial dos animais, controlÁ-los e comandar incursões de espionagem, ataque surpresa sem chamar atenção ou colaborar em um ataque massivo em conjunto com os personagens.

A segunda missão, Federation Day, mostra uma incursão militar invadindo um arranha-céus em Caracas, capital da Venezuela. O ataque começa pelo teto do grande prédio. O jogador tem a chance de se pendurar e descer pelas vidraças e ir abatendo os inimigos através das janelas conforme eles aparecem. Tudo na calmaria e em ação coordenada com os parceiros controlados pelo jogo. O ritmo é um pouco mais lento, em forma de invasão estrategicamente planejada. Logo, estÁ-se no interior do prédio, outros inimigos são abatidos aos poucos. E, de repente, a cena muda para um evento terrorista que acaba derrubando o prédio, algo muito cinematogrÁfico de se ver, que nos deixa com Água na boca para saber o que e o porquê aquilo aconteceu.   

- Continua após a publicidade -



"Into the Deep" foi a terceira missão apresentada. AquÁtica, traz momentos mais estratégicos de avanço sob a Água para tentar chegar perto e até mesmo destruir um submarino gigantesco. Só que, algo dÁ errado e uma explosão imensa, causada pelo míssel poderosíssimo disparado pelos protagonistas sob a Água. O ritmo da ação acusa que algo deu muito errado e, do nada, pelo impacto da explosão, estruturas são jogadas na direção deles, que são carregados mar a dentro. Na busca pelos intrusos, os inimigos começam o tiroteio ali mesmo e a cena corta, dando a impressão de que algo muito pior estava para acontecer e que ficaremos sem saber até o lançamento do jogo.

"Call of Duty: Ghosts" estreia no final deste ano para PC, consoles desta e da próxima geração. A E3 2013 acontece de 11 a 13 de junho em Los Angeles (EUA). A cobertura do evento no local pelo Adrenaline é patrocínio do Boa Compra.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.