Google Glass é desmontado por desenvolvedores; veja imagem

Os desenvolvedores Scott Torborg e Star Simpson desmontaram o Google Glass e publicaram imagens das peças no site Catwig. Eles chamam a atenção, no post, para a simplicidade dos componentes dos óculos.

Como mostram as imagens, parece que os circuitos que ligam os componentes foram criados pelo próprio Google, jÁ que não hÁ marca de outros fabricantes nas peças. O processador é um TI OMAP44, provavelmente desenvolvido pela Texas Instruments, a memória RAM é da Elpida e a memória flash de 16GB é da SanDisk. Dos 16GB, 12GB estão disponíveis para o usuÁrio salvar suas informações. A bateria é de 570 mAh.

Outra tecnologia que pode ser analisada é o "transdutor para condução óssea do som". Ela é responsÁvel pela emissão dos sinais elétricos que são conduzidos pelos ossos do rosto e ao chegarem ao ouvido se transformam em som. Sim, é isso mesmo que você leu. Condução de som via ossos.

Para interação do usuÁrio, o aparelho possui o touchpad, que foi desenvolvido pela Synaptics, e o microfone que capta os comandos de voz. Ainda hÁ também a câmera de 5MP e a telinha de 640x360 pixels. As informações são do site Exame.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.