Polícia é chamada para fechar o "stand" do Ouya em frente à E3

O Ouya estÁ de fora da E3. Literalmente de fora: a equipe do console baseado em Android montou um stand aberto ao público no estacionamento que fica logo em frente à maior convenção de games do mundo e estÁ ali aproveitando o movimento para mostrar seu produto. Essa situação tem gerado um certo atrito que culminou em os organizadores da E3 chamarem a polícia contra o Ouya.


Segundo Julie Uhrman, fundadora do Ouya, a "briga" começou quando a companhia que organiza o evento, a Entertainment Software Association (associação de softwares de entretenimento, sigla ESA), alugou algumas vagas no mesmo estacionamento onde estÁ o stand do "console alternativo" e estacionou caminhões em frente, o que para Uhrman foi uma tentativa de bloquear a visibilidade do Ouya. Em resposta, o time alugou novas vagas em frente aos caminhões, para colocar banners do Ouya. Foi aí que, ainda segundo Uhrman, a ESA chamou a polícia para fechÁ-los.

A situação foi esclarecida com os policiais que foram ao local e, por ter permissão para estar ali, nenhuma represÁlia foi feita ao pessoal do Ouya e a ESA não se pronunciou sobre o assunto. Parece que quem estÁ lucrando mesmo com essa briga é o estacionamento... Via IGN.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.