Ameaça pelo Skype já afetou 80 mil pessoas na América Latina

Desde a tarde da última segunda-feira (20/5), o Laboratório da ESET América Latina começou a receber os primeiros relatórios, de diferentes pontos da América Latina, a respeito de equipamentos infectados por uma nova ameaça virtual que se propaga de forma massiva por meio do Skype. A companhia calcula que mais de 80 mil pessoas em toda a região latino-americana jÁ foram afetadas pelo problema.

A ESET afirma que as primeiras informações indicam que trata-se de um Worm (programa malicioso), identificado como Win32Kryptik.BBKB, cujo impacto e velocidade de propagação têm sido superiores à média desse tipo de ameaça virtual.

A propagação desse Worm se dÁ por meio do uso de textos relacionados a fotos no Skype, com endereços encurtados por meio da ferramenta do Google (goo.gl), que vincula a outro serviço de armazenamento de arquivos – como 4shared, por exemplo.

Ao analisar as estatísticas fornecidas pelo encurtador de URL do Google, a ESET identificou que mais de 300 mil pessoas no mundo jÁ clicaram nos links que contêm o Worm e pelo menos 80 mil delas estão na América Latina. Ainda de acordo com o sistema LiveGrid, da ESET, 67% das ameaças identificadas estão na América Latina, o que confirma a região como foco dessa campanha dos cibercriminosos.

"Temos motivos para pensar que são novas versões de uma ameaça que começou a circular em março deste ano e também estamos confirmando que novas variantes se propagam pelo Gtalk, o chat do Google", alerta SebastiÁn Bortnik, Gerente de Educação e Serviços da ESET América Latina. "Não é normal ver ameaças que se propaguem na velocidade desse Worm", complementa.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.