Microsoft encerra de vez o Hotmail

A Microsoft terminou o processo de encerramento do seu serviço de e-mail Hotmail, migrando todos os usuÁrios para o Outlook.com, lançado em julho do ano passado. A migração dos usuÁrios começou a ser feita em fevereiro deste ano.

Conforme a empresa, o Outlook.com tinha 60 milhões de contas ativas em fevereiro, enquanto o Hotmail tinha mais de 300 milhões. Com a migração concluída, a companhia estima que o Outlook tenha superado a marca de 400 milhões de contas ativas.

 


A Microsoft também afirma que mais de 150 milhões de gigabytes de dados foram migrados de um serviço para o outro em seis semanas, jÁ que todas as mensagens, contatos, pastas e preferências pessoais foram transferidas de um serviço para o outro.

O portal Outlook.com substitui o Hotmail, mas na prÁtica, isso significa que usuÁrios do Hotmail vão perceber apenas uma mudança na interface. O endereço de e-mail, inclusive, permanece o mesmo. 

O novo serviço traz novas funcionalidades, como caixa de entrada integrada com redes sociais, permitindo receber atualizações do Facebook ou do Twitter. Além disso, o Outlook.com agora terÁ integração com o Skype, permitindo realizar chamadas de vídeo diretamente do e-mail.

O Hotmail, lançado em 1996, foi um dos primeiros serviços de e-mail online, e a Microsoft não o atualizava hÁ oito anos. Com 36% do mercado, o Hotmail era o maior serviço de e-mails do mundo, com 324 milhões de usuÁrios, segundo dados da comScore. O serviço, no entanto, vinha perdendo usuÁrios rapidamente desde o lançamento do Gmail, que alcançou 31% do mercado em junho. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.