Executivos da Sony deixam de receber bônus anual para ajudar a economia da empresa

Não é segredo que a Sony não tem estado em sua melhor época, economicamente falando. A situação da companhia gerou medidas como o corte de 10.000 funcionÁrios e a reestruturação completa da empresa na época em que o atual CEO, Kaz Hirai, assumiu. O próprio Hirai e alguns executivos sacrificaram seus bônus anuais no ano passado e agora o farão de novo, mas acompanhados num total de 40 executivos sem receber o dinheiro extra.


A informação veio do Eurogamer que, como muitos, prevê que o lançamento do PS4 vai ser determinante para o futuro financeiro da Sony.  Por enquanto, o "corte" dos bônus pode não parecer muita coisa, mas o valor desses pagamentos pode ir de 30% a 50% da renda anual de um executivo da empresa. Multiplique isso por 40.

As medidas de Hirai são drÁsticas mas indicam resultados. Ano passado, antes dele assumir, a Sony teve seu pior ano na última década. Os resultados mais novos estão previstos para sair em nove de maio, mas a previsão é de lucro, depois de quatro anos de perdas.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.