Intel apresenta o HD Graphics 5000, gráficos das CPUs Haswell com o dobro de performance

A Intel divulgou uma série de informações sobre sua nova geração de grÁficos integrados, o Intel HD Graphics 5000, que equiparão os futuros processadores Haswell. Entre os destaques estão o ganho de performance sobre a geração anterior, chegando a duas vezes mais desempenho em dispositivos portÁteis, como Ultrabooks, e até três vezes superior em desktops.

Os grÁficos integrados serão compatíveis com DirectX 11.1, OpenCL 1.2 OpenGL 4.0, trazem um novo Quick Sync Video, tecnologia que acelera o processamento e renderização de imagens em JPEG e MPEG, suporte a três monitores e resolução 4K, e o dobro de largura de banda com a tecnologia Display Port 1.2. Outra novidade são as eDRAM, memórias "no mesmo pacote" do processador, mudança que promete um ganho de performance de até duas vezes em aplicações grÁficas, como o 3DMark.

A nova geração de iGPUs, com codinome Iris, serão dividas nas classes GT1, GT2  e GT3, dependendo capacidade grÁvia e consumo energético. A nomenclatura GT é de classificação interna da Intel, sendo que os chips não serão comercializados com este nome. O GT3 chegarÁ aos consumidores como Intel Graphics 5000, com TDP de 15W, enquanto hÁ duas outras classes GT3 com a numeração 5100 e 5200, TDPs maiores e sem o nome "HD Graphics". A série GT2 virÁ com os modelos HD Graphics 4600/4400/4200.

- Continua após a publicidade -

Segundo a Intel, baseando-se na média de 2006, quando a empresa começou o desenvolvimento de processadores grÁficos, seus grÁficos integrados apresentaram um crescimento de performance de 75 vezes. A iGPU Intel HD Graphics 5000 estarÁ presente nos processadores Haswell, a quarta geração de CPUs Haswell, com lançamento marcado para o dia 4 de junho. De acordo com a empresa, esta é a primeira geração de processadores totalmente desenhada para o novo contexto da computação móvel, com ênfase em aspectos como consumo de energia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.