Thorsten Heins, CEO da BlackBerry, afirma que tablets serão inúteis em 5 anos

O CEO da BlackBerry, Thorsten Heins, foi entrevistado ontem pela Bloomberg. Ao ser perguntado sobre o futuro da empresa em matéria de tablets, o executivo declarou que em cinco anos ele não vai mais ver uma razão para as pessoas terem um dispositivo desses.


A informação veio do CNET e jogou um balde de Água fria nos fãs do PlayBook, o tablet da BlackBerry. Apesar do gadget não ter tido grande sucesso, muitos aguardavam uma nova versão, que depois dessa declaração, parece um pouco mais distante de se tornar realidade.

Mesmo depois do nítido sucesso do iPad, Heins afirmou que não acredita que o mercado de tablets seja bom e ainda foi mais longe: "em cinco anos, eu vejo a BlackBerry como líder absoluta na computação móvel Â– é nisso que estamos mirando."

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.