Galaxy S4 leva a pior em testes de queda

Qual é mais resistente: o iPhone 5, o Galaxy S III ou o novíssimo Galaxy S4? Um teste jÁ havia mostrado que o Gorilla Glass 3 do smartphone resistiu muito bem a vÁrias formas de maus-tratos. Após o lançamento mundial do top de linha da Samsung neste final de semana, surgiram vÁrios outros experimentos. Os testes de queda, porém, não são muito animadores para o aparelho coreano.


A SquareTrade, uma empresa de garantias estendidas para eletrônicos, por exemplo, comparou os três aparelhos em três situações. Primeiro, os smartphones foram derrubados no chão. Depois, foram colocados para deslizar em uma mesa e, por último, foram submersos na Água.


Os dois dispositivos da linha Galaxy se saíram mal no teste de queda e logo apresentaram rachaduras no display, ao contrÁrio do iPhone 5, que permaneceu intacto. Pelo menos, o S4 sobreviveu na Água, assim como o aparelho da Apple. Coisa que não ocorreu com o S III, que ficou totalmente sem som.


Após os testes, a SquareTrade deu notas aos aparelhos, que podem ir de 1 (menos vulnerÁvel) a 10 (alto risco). O Galaxy S4 foi o que se saiu pior, com nota 7. O iPhone 5 e o Galaxy S III ficaram com 5 e 6,5, respectivamente.

- Continua após a publicidade -


Em outro teste, postado no canal TechSmartt no Youtube, o Galaxy S4 também decepcionou um pouco. Tanto ele quanto o iPhone 5 se mostraram eficientes em quedas de um bolso, ou de alturas medianas, como na altura do peito. Após cair de pouco mais de 2 metros, o aparelho da Samsung continuou funcionando, mas apresentou rachaduras. O iPhone 5, por sua vez, ficou praticamente intacto.


Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.