Google proíbe usuários de venderem o Google Glass

As primeiras unidades do Google Glass começaram a ser enviadas para os poucos selecionados que desembolsaram R$1,5 mil por ele. Mas essas pessoas não podem revender o dispositivo, segundo os temos de uso do produto.

O Google, inclusive, pode desativar o dispositivo de quem violar a regra, como nota o Mashable. "Você não pode revender, emprestar, transferir ou dar seu dispositivo a qualquer outra pessoa", dizem os termos. Se o usuÁrio fizer isso "sem a autorização do Google, a empresa se reserva o direito de desativar o dispositivo e nem você nem a pessoa não-autorizada que estÁ usando o aparelho serÁ elegível para qualquer reembolso, suporte de produto ou garantia."


 


Um estudante de 26 anos resolveu colocar o seu Google Glass em um leilão no eBay, com lance inicial de US$5 mil. De acordo com a Forbes, o produto chegou a acumular US$95,3 mil em lances, o equivalente a R$190 mil. Ao se dar conta de que não poderia revender o dispositivo, ele teve que encerrar a venda nesta quarta-feira (17/04).

"Não quis colocar em risco a minha posse dos óculos", afirmou o jovem, que não teve a identidade revelada. "Então, eu removi voluntariamente o leilão e ainda estou entusiasmado por ter o Google Glass mesmo que eu não possa vendê-lo."

Mesmo assim, ele se incomoda um pouco com esse fato. "Não faz muito sentido", acrescentou. "Se eu paguei US$1,5 mil por ele, é minha propriedade. Por que não posso revendê-lo?", questiona. 

A Forbes crê que dificilmente o Google usarÁ esses mesmos termos de uso quando o Google Glass chegar ao público. O que parece, no momento, é que a empresa que formar uma base confiÁvel de usuÁrios que irão testar o produto e reportar possíveis bugs e sugestões de melhorias.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.