Nova microbateria de lítio é 30 vezes menor e recarrega 1000x mais rápido

Enquanto o número de núcleos, o tamanho da tela e a quantidade de recursos em smartphones só aumentam, a duvida para muitos é quando que as baterias vão acompanhar esta evolução. A Universidade de Ilinóis pode estar trabalhando no fim da ditadura do "carregue todo dia", através da fabricação de microbaterias. 

O novo processo de manufatura das baterias de lítio fariam um "posicionamento tridimensional" dos cÁtodos, conseguindo inserir uma maior quantidade destes elementos em um menor espaço. Com este formato, o grupo de pesquisa liderado por William P. King alcançou uma redução de 30 vezes no tamanho da bateria. A maior concentração também otimizou o tempo de recarga, superando em mil vezes as atuais tecnologias.

Este ganho de espaço pode ser utilizado tanto na miniaturização dos aparelhos (apesar da indústria de smartphones parecer ter outros objetivos), como no aumento do alcance dos celulares, com o aumento da potência, ou também um melhora da autonomia, incrementando o número de células aproveitando o espaço vago criado com a redução de tamanho.

 Esquemas da microestrutura, pra quem quiser tentar em casa

- Continua após a publicidade -


Como toda nova tecnologia, porém, ainda hÁ um longo caminho para tornar a fabricação destas novas baterias algo possível em larga escala, com custo baixo o suficiente para tornÁ-las comercializÁveis. Até lÁ, não esqueçam de levar com vocês seus carregadores.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.