Google Play e App Store podem se envolver em investigação de apps freemium para crianças

Lembra do garoto que gastou R$ 5 mil  jogando Zombies vs Ninjas? Pois o Office of Fair Trading (OFT) do Reino Unido acaba de anunciar uma investigação de seis meses em cima de apps e jogos da web "freemium" destinados a crianças. Freemium são esses jogos e apps que, apesar de gratuitos, têm diversas compras para serem feitas in-game. A investigação vai averiguar se não hÁ "exortação", encorajamento forçado, para as crianças realizarem essas compras.

GrÁficos da TapIt, empresa de propaganda em apps

Segundo o Tech Crunch, as empresas que serão envolvidas na investigação ainda não tiveram seu nome divulgado, mas é natural que a App Store e a Google Play estejam envolvidas, uma vez que são as maiores do mercado. Se o OFT concluir que hÁ irregularidades, serão tomadas medidas legais.

Em seu anúncio da investigação, o OFT aponta dados interessantes, como por exemplo, o fato de 80 dos 100 apps mais baixados para Android neste mês serem freemium. Outro fato contundente é que ano passado foi estimado que 28% das crianças com idade de 5 a 15 anos possuíam smartphones, um crescimento de 20% em relação a 2011.

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.