Polícia coreana realiza operação de busca e apreensão na sede da Samsung

O escritório da Samsung Display em Asan, na Coreia do Sul, foi invadido pela polícia coreana através de um mandado de busca e apreensão. Rumores indicam que o motivo foi uma possível investigação policial sobre a tecnologia OLED para televisões. Um porta-voz da Samsung afirmou ao Bloomberg que a polícia estava procurando por uma evidência que o escritório estaria utilizando informações secretas sobre a tecnologia OLED da LG.

"Nós não temos motivos para utilizar tecnologia de outras companhias, porque nós possuímos a melhor tecnologia OLED do mundo", disse o porta-voz da Samsung. A LG, no entanto, disse que não acionou a polícia nesse caso.

As duas companhias corriqueiramente trocam acusações sobre seus produtos e jÁ brigaram por um motivo semelhante no ano passado.

Em 2012, onze pessoas foram acusadas de vender a tecnologia OLED da LG, e pouco tempo depois a Samsung acusou a concorrente de roubar sua propriedade intelectual. Na ocasião as empresas firmaram um acordo para encerrar o imbróglio judicial.

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.