Chrome OS continuará separado do Android, garante Eric Schmidt

Com a saída de Andy Rubin do posto de chefe da divisão Android e a sua subtituição por Sundar Pichai, principal executivo da divisão Chrome, muitas dúvidas surgiram a respeito do futuro do sistema operacional móvel do Google. Agora, Eric Schmidt, diretor executivo da companhia, afirmou que as duas plataformas continuarão separadas.

Durante a conferência Google Big Tent Summit, na Índia, Schmidt garantiu que o Google não tem planos de unificar os dois sistemas – ao menos não ainda, segundo o Venture Beat. Na ocasião, o executivo notou que, eventualmente, algumas características de um sistema podem se sobrepor às do outro.

Na semana passada, Rubin revelou que estava deixando sua posição, embora vÁ continuar atuando dentro do Google, em um cargo ainda não revelado. "Tendo excedido até os objetivos ambiciosos mais loucos que sonhamos para o Android – e com um time de liderança realmente forte – Andy decidiu que é hora de passar as chaves do reino e iniciar um novo capítulo no Google", informou o CEO da empresa, Larry Page, em um post no blog oficial da companhia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.