NVIDIA mostra novo "estado da arte" da renderização de rostos em tempo-real

Logo no primeiro evento da GTC 2013 (GPU Technology Conference), conferência organizada pela NVIDIA para falar sobre os últimos avanços na Área de processamento em GPUs, a empresa fez a exibição do "novo patamar" em que se encontra a renderização em tempo-real de faces humanas.

Jen-Hsun Huang, CEO da Nvidia, iniciou sua keynote abordando a dificuldade que representa criarmos animações de faces humanas. Enquanto animações menos semelhantes ao rosto humano são "bem aceitas", quanto mais próximo do realístico chegamos surge uma zona de "estranhamento", onde uma animação muito próxima da verdadeira causa uma sensação de repulsa conhecida como efeito Uncanny Valley (vale do estranhamento, em tradução livre).


"Chuta que é macumba"

Para ultrapassar este vale do "gente esquisita que parece humana mas vai mesmo é me matar", e criar animações realísticas o suficiente para serem aceitas como pessoas reais, a NVIDIA apresentou o Face Work, um projeto renderizado em tempo-real por uma placa GTX TITAN, com uma série de evoluções na simulação, superando inclusive o "A New Dawn", teaser tecnológico da empresa que incluía recursos como absorção de luz pela pele da protagonista. Confiram o vídeo abaixo para conferir se a empresa conseguiu superar a "barreira do freak" (update: agora com o vídeo oficial da NVIDIA)

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.