Paciente recebe implante feito com impressora 3D em 75% do crânio

Um homem americano, que não teve o nome divulgado, teve 75% do crânio substituído por um implante feito em uma impressora 3D. O material foi produzido pela Oxford Performance Materials, que recebeu aprovação de agências reguladoras do país, e foi colocado no paciente em uma cirurgia no início desta semana.

Segundo o site News.com.au, o homem teve a cabeça escaneada por um scanner 3D para que a criação da prótese fosse possível. A Oxford Performance Materials afirma que, desde a liberação das agências reguladoras no dia 18 de fevereiro, é capaz de fornecer a tecnologia para "imprimir" implantes para substituir ossos danificados por doenças ou traumatismos.

O implante é feito em polieteretercetona (ou PEEK), e ainda possui uma textura especial com furos feitos para estimular o crescimento natural das células e dos ossos do paciente. A companhia responsÁvel diz conseguir fabricar um implante em duas semanas e ajudar até 500 pacientes mensalmente.

Pelo visto, impressoras 3D estão criando uma nova tendência na medicina. No mês passado, por exemplo, cientistas conseguiram criar uma orelha praticamente igual à humana com essa tecnologia, usando como matéria-prima colÁgeno extraído de ratos e células de cartilagem de orelhas de vaca.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.