Patente da Apple mostra que "iWatch" pode ser recarregado através do movimento

Uma patente da Apple mostra que a empresa tem a ideia de um "relógio inteligente" hÁ algum tempo. O registro, descoberto hoje pelo Engadget, mostra um dispositivo em forma de pulseira, que, inclusive, pode transformar os movimentos do braço em energia para recarregar o acessório.

Outro detalhe é que o "iWatch" seria muito fÁcil de colocar. A patente sugere que a pulseira seja capaz de sair rapidamente de um estado esticado para envolver o pulso do usuÁrio. Algo tipo o clÁssico relógio da Coca-Cola (alguém lembra?).

A patente foi registrada em agosto de 2011, o que mostra que a ideia é anterior aos últimos rumores sobre o desenvolvimento do relógio. O documento ainda fala sobre uma tela AMOLED para reduzir o consumo de energia e um teclado virtual simples, além de uma interface para gerenciar chamadas de telefone e músicas.

Conforme o The Telegraph, por enquanto nada garante que a patente serÁ aplicada em um produto real. A existência da patente, no entanto, fortalece os rumores da produção de um "smartwatch" para pegar carona no sucesso do iPhone e do iPad. As últimas especulações indicam que hÁ cerca de 100 designers trabalhando no projeto e que, inclusive, a Foxconn jÁ planeja produzir as peças para o produto.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.