Brasil entra nos 10 maiores mercados de tablets do mundo

Até o final do ano, o número de tablets comercializados no Brasil deve atingir a marca de 2,9 milhões, segundo estimativas da IDC Brasil. A consultoria revelou que, somente no terceiro trimestre, 769 mil unidades foram vendidas, número que levou o país à lista dos dez maiores mercados de tablets do planeta.

A estimativa da IDC é que, até 2013, sejam vendidos 5,4 milhões de tablets por aqui.

Do total de tablets comercializados durante o terceiro trimestre, 46% possuem um preço inferior a R$500 e 80% são baseados em Android. "A maioria dos consumidores brasileiros ainda estÁ estudando quais tipos de tablets atendem às suas necessidades, oferecem uma boa experiência de uso e, principalmente, que se encaixam no seu poder aquisitivo", afirma Attila Belavary, analista de mercado da IDC Brasil. "Poucas pessoas estão dispostas a gastar muito na hora da compra. HÁ muitos fabricantes investindo na venda de tablets com funcionalidades inferiores, focando nesse novo consumidor que geralmente é pouco exigente em relação à especificação técnica do produto."

No ranking mundial do mercado de tablets, o Brasil saltou da 12ª posição, que ocupava no terceiro trimestre de 2011, para a 10ª posição no terceiro trimestre deste ano. O país, porém, ainda vai demorar para alcançar os Estados Unidos, na primeira posição, com um mercado 12 vezes maior do que o brasileiro.

"Diferente do Brasil, em mercados mais maduros, grande parte da população jÁ possui um computador e estÁ mais propenso a comprar um tablet como um dispositivo complementar e utilizÁ-lo em tarefas de consumo de conteúdo digital. O próximo passo é acelerar o desenvolvimento desses conteúdos digitais adaptados para o português (aplicativos, vídeo, música, livros) para melhorar o uso dos tablets no país", avalia o analista.

A expectativa da IDC é de que nesse final de ano o consumidor encontre tablets mais acessíveis do que em anos anteriores. Para Belavary,  esse é o primeiro Natal com uma grande variedade de modelos de baixo custo e com mais opções de tamanhos de tela e funcionalidades. "Essa redução de preço atrai um novo público e estimula o crescimento da indústria."

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.