Expectativas da Intel para 2013: o ano da consolidação do touchscreen

Para a Intel, 2012 foi um ano marcado por importantes lançamentos de produtos, entrada em novos mercados e um aumento da sua atuação em diversas Áreas, como venture capital, software e mobilidade. O ano também marcou os 25 anos de atuação da empresa no Brasil e o lançamento de um plano de cinco anos, denominado "25 anos em 5", com o qual a empresa pretende acelerar os investimentos diretos realizados no país durante os próximos cinco anos. Para 2013, a empresa acredita em um amplo processo de democratização das interfaces de toque, que estarão presente em todos os tipos de dispositivos de acesso à internet.

Steve Long, presidente e diretor geral da Intel América Latina, considera que a Intel deve acelerar as atividades da empresa no país nos próximos cinco anos. "Para 2013, nosso principal objetivo é acelerar o ritmo de chegada das inovações ao país junto de nossos parceiros, consolidando a posição do Brasil como o terceiro maior mercado de PCs do mundo e expandindo a atuação da empresa para além dos dispositivos pessoais tradicionais. Esperamos contribuir de forma ainda mais efetiva para o crescimento da economia nacional."

Novas experiências para o consumidor
JÁ no começo de 2012, a Intel demonstrou seu crescente interesse no mercado local com a realização do Intel Extreme Masters, um dos maiores campeonatos de games do mundo, que ganhou pela primeira vez uma etapa na América Latina. O evento, que aconteceu durante a Campus Party, atraiu jogadores da Coréia, Europa, Estados Unidos, e de vÁrios países da América Latina, além de milhares de expectadores que acompanharam a competição ao vivo ou pela internet.

- Continua após a publicidade -

Em maio, o Brasil foi palco de outro grande evento da Intel, o Intel Developer Fórum, onde mais de 2.300 profissionais da indústria de TI discutiram o futuro da computação e as principais tendências para o país. Durante o evento, a Intel anunciou a ampla adoção dos Ultrabooks pelo mercado nacional, com 12 parceiros iniciando a fabricação destes equipamentos em território nacional. A empresa também demonstrou pela primeira vez no Brasil a nova geração de Ultrabooks conversíveis e com capacidade touchscreen, novidade que chegaria definitivamente ao mercado no final deste ano. "A chegada da 3ª geração da família Intel Core, que traz a mais avançada tecnologia de fabricação de silício, com transistores de 22nm, e do Windows 8, criaram o cenÁrio para que os Ultrabooks conversíveis se tornassem altamente atraentes para o consumidor que procura unir em um único dispositivo a produtividade do PC com a comodidade do tablet", disse Steve Long.

O ano de 2012 também viu a chegada ao mercado local do primeiro smartphone equipado com um processador Intel, o Motorola RAZR i, lançado em outubro pela Motorola, que foi recebido com bastante entusiasmo pelo mercado. 

Investimento em software e em novos empreendedores
A Área de software e serviços foi outra contemplada com investimentos em 2012. A primeira fase incluiu a contratação de profissionais brasileiros da Área de software e a disponibilização de diversos recursos para empresas e desenvolvedores. Além disso, a Área também desenvolveu e impulsionou programas em universidades e parques tecnológicos parceiros da Intel. O Grupo de Software e Serviços da Intel (SSG) estÁ focando esforços em preparar o desenvolvedor brasileiro para a adoção de tecnologia de ponta, em especial interfaces de toque e sensores, de forma que as empresas brasileiras possam competir em pé de igualdade com desenvolvedoras estrangeiras com aplicativos para Ultrabooks, tablets e smartphones.

Também neste ano, a Intel Capital, braço de investimentos estratégicos da Intel, aumentou o ritmo dos investimentos realizados no país e adicionou diversas empresas brasileiras no seu portfolio. Fashion.me, Coquelux, Minha Vida, ELike, Pixeon Medical Systems e PagPop foram as empresas nacionais que receberam aporte da Intel Capital em 2012. As empresas também participaram do Intel Capital Global Summit, evento global de venture capital que aconteceu em Huntington Beach, Califórnia, onde tiveram contato com investidores, especialistas e demais empresas do portfólio da Intel Capital oriunda do mundo todo.

Programas para a educação
Na edição do ISEF de 2012, o Brasil foi o país mais premiado da América Latina. A delegação brasileira, que viajou com um grupo composto por 33 estudantes de diversas instituições do país, ocupou o quinto lugar na colocação geral e retornou ao país com oito prêmios.

- Continua após a publicidade -

Também este ano, a Intel estabeleceu novas parcerias com universidades brasileiras. Como parte deste projeto, a Intel doou laboratórios completos para o desenvolvimento de soluções embarcadas inteligentes, um mercado que cresce a passos largos no mundo, à medida que mais e mais dispositivos adquirem a capacidade de conectar–se à Internet e trocar informações entre si.

Outros programas educacionais promovidos pela Intel, como Intel Aprender e Aluno Conectado, levaram conhecimento e tecnologia a todo o Brasil. Além disso, a companhia atuou como parceira no projeto desenvolvido pela prefeitura do Rio de Janeiro, Nave do Conhecimento, e também comemorou a adoção da sua solução Intel Learning Series pelo governo de Pernambuco, que equipou todos os alunos da rede estadual com notebooks educacionais com tecnologia Intel.

Perspectivas para 2013
"O cenÁrio mundial da TI em 2013 serÁ bastante desafiador, devido ao momento macroeconômico mundial ainda instÁvel. Ao mesmo tempo, estamos no meio de uma grande revolução na experiência do usuÁrio, e essa mudança de paradigma continuarÁ levando o mercado brasileiro na direção do crescimento", avalia Long.

A grande tendência para 2013 é a universalização das novas interfaces em especial tecnologias de toque, reconhecimento de gestos e sensores. Os dispositivos que contam com estas tecnologias – entre eles tablets, smartphones e Ultrabooks – irão se destacar ainda mais perante outros tipos de dispositivos e irão se tornar muito presentes na vida das pessoas.

Os Ultrabooks conversíveis, que chegaram ao mercado local no final de 2012, contarão com diversos novos modelos, e a expectativa da Intel é que o aumento do volume de mÁquinas disponíveis traga mais opções ao consumidor na hora de comprar seu primeiro computador conversível. 

O ano de 2013 também trarÁ novidades nos tablets e smartphones equipados com processadores Intel. Pelo roadmap da Intel, os primeiros produtos equipados com processadores de 22nm para dispositivos móveis chegarão ao mercado em 2013, colocando a empresa na vanguarda do desempenho e da duração de bateria no ambiente móvel. A empresa também jÁ trabalha em processadores ainda mais poderosos, de 14nm, para um futuro próximo.

A mobilidade também irÁ mudar a cara do mercado corporativo. A multiplicação do número de dispositivos móveis por funcionÁrio e uma tendência forte de consumerização levarÁ as empresas a investirem em infraestrutura e reforço na segurança das redes. A ultramobilidade também continua impulsionando investimentos em computação em nuvem, para facilitar o acesso dos colaboradores a informações internas da empresa e garantir maior agilidade para os negócios.

"O Brasil continua crescendo, embora em ritmo menos acelerado, e esse crescimento leva a um aumento nas necessidades de TI das empresas de todos os tamanhos. E com o avanço da ultramobilidade e uma tendência maciça de aumento dos dados dentro das corporações – o fenômeno conhecido como Big Data – esperamos um cenÁrio de continuidade nos investimentos com servidores, data centers, software e serviços durante todo o ano de 2013", conclui Long. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.