Rede especializada em games chega para movimentar o mercado brasileiro

A PRÓXIMO, rede especializada em games que atua por meio de lojas próprias, franquias e e-commerce, anuncia o início das suas atividades no Brasil. A empresa inaugurou um escritório central em Alphaville (Barueri, SP) e, para alcançar as suas metas no País e América Latina, anuncia investimentos iniciais de R$ 30 milhões. Em cinco anos, a PRÓXIMO planeja abrir 100 lojas (próprias e franquias) e atender mais de 10 mil pedidos online ao dia, com oferta de um portfólio com mais de 3 mil itens. A meta é chegar a 2017 com faturamento anual de R$ 1 bilhão na América Latina.

As duas primeiras lojas próprias da rede em São Paulo (SP) serão inauguradas em dezembro, uma no Shopping Villa Lobos e outra no Shopping Eldorado. A abertura destas lojas estÁ sendo estruturada desde o início das operações no Brasil, em julho, quando o fundo de investimentos Brickell Global Investment Fund LLC (Estados Unidos) adquiriu a "Próximo Games", de Curitiba (PR); após a aquisição, o nome mudou para "PRÓXIMO".

Caio Junqueira, diretor de negócios de varejo da PRÓXIMO, ressalta que a inauguração destas lojas é o passo inicial de um agressivo plano de expansão, que prevê abertura de lojas próprias e franquias em todo o território nacional. "Nossa meta é audaciosa, mas temos certeza de alcançÁ-la, pois os nossos planos estão fundamentados em rigorosos estudos de mercado. Aliado a isso, a rede chega com um importante diferencial, que é proporcionar aos gamers um atendimento consultivo, por uma equipe altamente treinada, além de ter espaço para experimentação dos games de todos os consoles nas próprias lojas e promover atividades constantes por meio de eventos", diz.


O plano de expansão, segundo Junqueira, é favorecido por diversos fatores de mercado. Neste sentido, ele cita uma pesquisa do Ibope que informa que 31% dos brasileiros jÁ possuem algum console e que o target de consumo no País deve chegar a 120 milhões em 2015; ou seja, um volume 30% superior que os 90 milhões registrados em 2011. Outra pesquisa, da PricewaterhouseCoopers (PwC), aponta ainda que o mercado brasileiro formal de games movimentou R$ 840 milhões em 2011 e que, em 2016, esta receita deve subir para R$ 4 bilhões (alta superior a 370%); em 2011, considerando o mercado informal, estima-se que o movimento total tenha sido de R$ 1,5 bilhão.

Além deste cenÁrio no setor de games, Junqueira também sustenta o plano de expansão da empresa na tendência de baixa dos preços dos jogos e de queda do mercado informal em razão das restrições de jogabilidade impostas pelos fabricantes, como a impossibilidade de se jogar online games piratas, por exemplo. "É o momento ideal para a empresa conquistar market share e para os empresÁrios investirem em nossas franquias, que têm excelente perspectiva de sucesso", comenta o executivo.

Expansão online via e-commerce

O diretor de negócios de varejo online da PRÓXIMO, Yves van Hemelryck, conta que as metas também são expressivas para o e-commerce. Em cinco anos, segundo ele, a loja digital, www.proximogames.com.br, tem plano de atender mais de 10 mil pedidos ao dia. Para alavancar as visitas e o movimento online, o executivo informa que estÁ em fase de desenvolvimento de parcerias com diversos portais de conteúdo, blogs e geradores e formadores de opinião. Além disso, a rede também estarÁ presente nos principais meios de promoção de produtos na Internet, bem como eventos online e redes sociais para garantir interação com os gamers de diversos perfis.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.