Justiça condena nove pessoas no caso do chinês que vendeu o rim para comprar iPad

Nove pessoas foram condenadas pela justiça chinesa por terem participação no caso do jovem que vendeu um dos seus rins para comprar um iPad. Sete foram presas, inclusive o cirurgião responsÁvel pela operação, Song Zhongyu, que pegou três anos de cadeia. He Wei, que organizou todo o esquema de transplante ilegal, deverÁ passar cinco anos atrÁs das grades.

As outras duas pessoas se livraram de penas mais duras por não terem sido consideradas cruciais para a decisão do garoto.

O jovem recebeu o equivalente a YS$3,5 mil (ou R$7 mil) pelo órgão, mas sofreu de insuficiência renal após passar pela operação, conforme o Bangkok Post. A sua mãe, Ou Linchun, diz que seu filho não vendeu o rim especificamente para adquirir o iPad. Ela alega que, na verdade, ele foi tentado pelos organizadores do transplante ilegal e só comprou o tablet (e também um smartphone) por receio de ser pego com uma quantia tão alta em mãos.

Os culpados também tiveram que pagar uma compensação de 1,47 milhões de yuans, ou quase R$500 mil ao rapaz, jÁ que, na época, ele era menor de idade. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.