Polícia finlandesa confisca laptop de garota de 9 anos por pirataria

Um pai de família da Finlândia foi surpreendido pela polícia tocando a campainha da sua casa por causa de um "delito" cometido por sua filha de nove anos: ela baixou um Álbum da cantora Chisu, popular no país, no The Pirate Bay.

O grupo anti-pirataria de lÁ, conhecido com CIAPC, primeiramente enviou uma carta ao homem, avisando que ele havia sido rastreado por causa de compartilhamento online de arquivos, e solicitando o pagamento de uma multa de 600 euros, o equivalente a pouco mais de R$1,6 mil. Com a recusa, as autoridades simplesmente confiscaram o notebook do Ursinho Puff, de propriedade da criança.

Segundo o Torrent Freak, o pai da menina diz que os downloads sequer funcionaram e, portanto, eles foram juntos a uma loja para comprar o CD. Pelo visto, porém, a polícia não se importou com isso. "Senti como se pessoas da mÁfia estivessem exigindo dinheiro na minha porta", declarou o homem.

"Seria bem mais fÁcil a todos os envolvidos se você tivesse pago a multa", alertou a polícia. O pai, porém, considera a medida injusta. "Não fizemos nada de errado. Se adultos nem sempre sabem como usar um computador e a Internet, como você pode assumir que uma garota de nove anos sabe o que estÁ fazendo on-line?", questiona. Ele concorda que os artistas precisam proteger suas criações, mas afirma que isso requer "educação e informação" ao invés de leis que consomem recursos.

O vice-presidente da Electronic Frontier da Finlândia, Ville Oksanen, também decidiu comentar o caso. "Não é do interesse de ninguém que, em nome de copyright, garotas de nove anos sejam perseguidas. Este caso mostra o péssimo julgamento tanto da CIAPC quanto da polícia", afirmou. Até mesmo a própria cantora Chisu manifestou descontentamento com a atitude das autoridades. "Espero que o problema seja resolvido logo", declarou a artista no Facebook, pedindo também desculpas a todas as suas fãs mirins.

UPDATE: O caso foi resolvido. O CIAPC negociou com o pai da garota e ele pagou 300 euros, o equivalente a R$820, para encerrar as investigações, segundo o Torrent Freak. O site não dÁ mais detalhes da negociação, mas, ao menos, o valor pago foi bem menor que o cobrado inicialmente pelas autoridades: 600 euros, ou R$1,6 mil. Também não se sabe o que aconteceu com o notebook do Ursinho Puff. Nós, sinceramente, esperamos que a garotinha o tenha conseguido de volta.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.