Malware brasileiro tenta vender licença falsa do Windows

Um novo software malicioso desenvolvido no Brasil "sequestra" o navegador da vítima e exibe uma notificação de software pirata. O malware, então, tenta induzir o usuÁrio a comprar uma licença do Windows original por R$19,90. Caso a pessoa caia na história, ao invés de obter o software, vai enviar seus dados para cibercriminosos clonarem seu cartão de crédito.


Imagem: Linha Defensiva

Conforme a Linha Defensiva, o código malicioso, uma vez instalado no sistema, impede o uso dos navegadores Chrome e Firefox. O uso só é liberado quando o usuÁrio insere os seus dados pessoais. 

O site ressalta que o malware ainda possui baixa taxa de detecção pelos antivírus e que a notificação exibida é totalmente falsa, com o único intuito de capturar os dados de cartão de crédito.


Imagem: Linha Defensiva

- Continua após a publicidade -


O golpe no qual a praga bloqueia determinados recursos no sistema e exige um pagamento para liberÁ-los, é chamado de ransomware. A Linha Defensiva, no entanto, não considera o novo malware como um representante legítimo dessa categoria, jÁ que o pagamento não é necessÁrio para retomar o funcionamento normal dos softwares. Na verdade, a cobrança é apenas um pretexto para que a vítima forneça seus dados do cartão de crédito.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.