Treyarch rebate críticas e defende engine usada em Call of Duty: Black Ops II

A decisão da Treyarch em usar uma engine com quase 7 anos de mercado em "Call of Duty: Black Ops II" jÁ rendeu muitas críticas à companhia, que aproveitou uma entrevista à OXM para esclarecer todos os motivos da sua atitude com alguns argumentos sobre o caso.

O principal deles é que modificações e implementações foram naturalmente adicionadas ao longo dos anos para garantir que o jogo rode sem qualquer tipo de engasgos. "Todo mundo que trabalha ou pesquisa sobre engine precisa saber que são os 60 quadros por segundo que vêm maior primeiro. E nós podemos fazer isso com muita facilidade hoje, pois são anos e mais anos de produção com essa engine, desde as ferramentas mais bÁsicas até técnicas complexas de iluminação", disse David Vondehaar, designer do jogo.

"As pessoas gostam de falar de engine sem conhecer suas causas. Mas o fato é que essa que estamos trazendo agora não é a mesma que usamos hÁ 6 anos. Aquela engine não se parece com nenhuma outra por aí: retrabalhamos o UI System, os métodos de renderização e toda a iluminação e o sistema de gameplay são novos", continuou. "Por isso, para mim, nunca realmente entendi essas críticas todas. A engine roda a 60 fps e é muito bonita. O que exatamente existe para tanta gente ficar irritada ou criticando sobre essa engine?", completou David.

A IW Engine tem sido utilizada pelas produtoras Infinity Ward e Treyarch, desde 2005, em todos os seus jogos da série "Call of Duty". O próximo game da franquia, "Black Ops II", estreia para PC e consoles em 13 de novembro.

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.