Overclock em tempo real: bem vindo à geração Haswell

Na Intel Developers Forum (IDF) desse ano, que aconteceu em San Francisco, a imprensa pôde ver uma vasta seção sobre overclock. A Intel deve apostar nesse de mercado nicho daqui para frente e ajudar usuÁrios a atingir velocidades maiores e mais estabilidade com seus produtos. FuncionÁrios da empresa inclusive explicaram em detalhes como overclockar CPUs Sandy e Ivy Bridge.

Voltadas para os entusiastas do hardware, as apresentações serviram para apresentar as melhorias que vão aparecer na próxima geração de processadores, especialmente em relação aos ajustes no baseclock. Mas o que foi apresentado de realmente novo? 

Com os processadores Core i7 Haswell LG1150 K-series, a Intel vai introduzir proporções variÁveis no baseclock da plataforma, o que deve dar mais flexibilidade a quem quiser alterar a velocidade de processamento do sistema. Isso vai possibilitar o que a Intel batizou de "overclocking em tempo real".

- Continua após a publicidade -

Normalmente, overclockar significa reiniciar o sistema, navegar na BIOS para fazer ajustes, reiniciar e fazer os testes, depois reiniciar de novo... tudo isso custa tempo e paciência. 

Desde o lançamento dos processadores Ivy Bridge, jÁ é possível alterar a razão de clock da CPU e do iGP no próprio Windows, fazendo pequenas mudanças no baseclock em cerca de 7%.

Essas possibilidades de overclock em tempo real serão aprofundadas na geração Haswell. O computador serÁ capaz de mudar a razão mÁxima de Turbo no core, alterar as razões do processador grÁfico, limites de energia e voltagem turbo adicional para CPU e pGfx, tudo isso sem precisar reiniciar seu computador.

Para quem tiver interesse em bater recordes de velocidade clock através de métodos extremos como refrigeração com nitrogênio líquido, estes chips ter mais capacidade de frequência e voltagem.

- Continua após a publicidade -

Esta plataforma da Intel não vai permitir overclock independente no bus do processador ou outros componentes. Mas a Intel garante que a Haswell vai entregar velocidades maiores do que os chips que jÁ estão no mercado.

Informações dos sites Legit Reviews e Xbit Labs

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.