Traseira de alumínio e bordas do iPhone 5 são sensíveis a riscos

Uma das mudanças no design do novo iPhone é a traseira, que deixou de ser de vidro e passou a ser fabricada em alumínio. Aparentemente, porém, a nova solução não é tão resistente. Alguns testes mostram que, mesmo com pouco tempo de uso, alguns riscos jÁ se tornam bem aparentes, tanto na tampa quanto nas laterais.

"JÁ percebemos que, no modelo preto, as bordas começaram a desgastar, revelando o metal sob o revestimento colorido", destaca a anÁlise do Pocket-lint. "De fato, testemunhamos isso em dois modelos distintos, o que descarta um erro de fabricação aleatório."

O Mac Rumours ainda traz outro caso: um usuÁrio do Overclockers UK Forum pegou um modelo de demonstração do iPhone 5 disponível em uma loja e passou o cartão SIM na traseira. O resultado foram riscos muito aparentes. A borda, por sua vez, logo desgastou graças ao atrito com chaves.

- Continua após a publicidade -


O site nota que arranhar um dispositivo de propósito é um teste relativamente extremo. Esses resultados, porém, mostram que o uso diÁrio do smartphone vai provocar alguns desgastes que comprometem bastante o visual do aparelho.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.