Apple decide encerrar a rede social de músicas Ping

A Apple anunciou que vai acabar com a rede social Ping no dia 30 de setembro. A partir de agora, o serviço sequer aceita novos membros.

Anunciado em setembro de 2010, o Ping era vinculado ao iTunes e tinha como foco criar discussões e vínculos com pessoas interessadas em música. Logo no primeiro dia, uma grande falha veio à tona: a rede não tinha nenhum filtro de spam ou URL e, portanto, acabou invadida por mensagens indesejadas e propagandas enganosas.

O lançamento do Ping também criou desavenças entre a Apple e o Facebook. A rede de Mark Zuckerberg chegou a bloquear um programa que automaticamente localizava amigos do Facebook na rede social da Apple.

Em maio deste ano, o CEO da Apple, Tim Cook, admitiu que existia uma falta de interesse dos usuÁrios e, portanto, revelou que considerava matar o Ping. O executivo afirmou que interações sociais têm sido o foco da Apple, tanto que a empresa oferece funcionalidades nativas do Twitter, além de serviços  como o Game Center e o iMessage, mas isso não significa que ela precise manter sua própria rede social.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.