EA cogitou comprar a Valve por US$ 1 bilhão

Segundo relatos do site IGN, a Electronic Arts teria oferecido a bagatela de US$ 1 bilhão para comprar a produtora Valve. A distribuidora teria mostrado interesse em adquirir a casa de "Half-Life" em diversas ocasiões em negócios não finalizados na última década, como destaca o The New York Times.

"A Valve foi muito persuadida com frequência pela EA, que poderia facilmente gastar um valor acima de US$ 1 bilhão para concluir as conversações até o momento sobre o negócio", cita a matéria do jornal americano. A notícia ainda ressalta que a info "veio à tona por duas pessoas que estavam a par das negociações e que tinham acesso aos negócios em condição de anonimato e privacidade comercial", completa.

No momento, não se sabe exatamente porque as negociações não decolaram. Especula-se, como adiciona o site, que Gabe Newell, co-fundador da Valve, não estaria nada satisfeito ou convencido em vender suas propriedades para uma empresa que "poderia desintegrar" todas as produções da tradicional companhia.    

- Continua após a publicidade -

Um outro motivo para a não conclusão do negócio foi que, o valor oferecido pela EA teria ficado muito abaixo ao que a Valve valeria no mercado. Segundo o analista Michael Pachter, da firma Wedbush Securtities, a empresa custaria, no mínimo, US$ 2.5 bilhões, principalmente graças ao Steam, o maior serviço de distribuição online de games e, futuramente, de outros tipos de software.

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.