Apple diz que não entregou dados dos usuários ao FBI

A Apple decidiu se pronunciar sobre o vazamento dos mais de 12 milhões de dados de usuÁrios de seus produtos, o que inclui UDIDs, os números de identificação únicos de cada iPhone e iPad. O pessoal do Anonymous divulgou ontem mais de um milhão desses números e alegou que tudo foi obtido de um laptop do FBI.

"O FBI não solicitou essas informações para a Apple e nós não as fornecemos nem para o FBI nem para qualquer outra organização", afirmou Natalie Kerris, porta-voz da empresa, ao AllThingsD.

Ainda segundo Kerris, a Apple pretende, em breve, banir o uso dos UDIDs. "Com o iOS 6 nós introduzimos uma nova gama de APIs que vão substituir o uso desse número", diz a representante.

O FBI, por sua vez, diz que a alegação dos Anonymous é falsa e que não hÁ evidências de que qualquer computador da organização tenha sido comprometido. A agência ainda garante que não armazena esse tipo de dado em suas mÁquinas.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.