Usuários de torrent podem ser monitorados, diz estudo

Um estudo da Universidade de Birmingham descobriu que existe uma probabilidade enorme de que usuÁrios do BitTorrent, protocolo de rede que é usado para fazer download de grandes arquivos, estejam sendo vigiados enquanto utilizam o serviço. A pesquisa foi divulgada pelo site The Inquirer.

O estudo descobriu que qualquer download de arquivo torrent pode ser identificado por agências externas em apenas três horas. Os autores explicam que o monitoramento é uma reação à pirataria que acontece nas redes que utilizam o BitTorrent. Esse combate é promovido por donos de copyright que procuram usuÁrios infringindo esse direito.


Existem dois tipo de monitoramento identificado pela pesquisa. O primeiro chama-se monitoramento indireto, que utiliza algumas evidências, como o mesmo endereço de IP em vÁrios dispositivos pares, para descobrir se um computador fez download ou upload de arquivos. 

 

Outro método é o monitoramento direto, quando a agência faz o monitoramento de dentro da rede e participa do trÁfego. Esta opção pode trazer resultados mais precisos, mas dificilmente seria capaz de comprovar pirataria.

- Continua após a publicidade -

Cerca de dez organizações foram encontradas monitorando usuÁrios nesta pesquisa. Algumas tentaram disfarçar suas intenções enquanto outras alegaram ser empresas de segurança.

Os pesquisadores deram a dica, para quem quiser se proteger desse tipo de monitoramento, de usar programas com eficiência comprovada empiricamente no bloqueio, e não meramente especulativas.

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.