Irã e Coréia do Norte fazem acordo para se proteger de ataques cibernéticos

Um pacto para zelar pela segurança virtual de Irã e Coréia do Norte foi assinado no sÁbado por líderes dos dois países. Persas e asiÁticos dizem que seu plano tem o objetivo de defender as redes nacionais dos ataques que partem do Ocidente, mais especificamente Estados Unidos e Israel.

A empresa de segurança virtual F-Secure acredita que os iranianos estão se unindo com os norte-coreanos para combater ataques e malwares patrocinados pelo governo americano como Stuxnet, Flame e Duqu


O número dois do governo norte-coreano, Kim Yong Nam, aperta a mão de Mahmoud Ahmadinejad. (Foto: Washington Post)


O acordo de cooperação assinado pelos dois países abrange as Áreas de ciência e tecnologia. Oficialmente, Irâ e Coréia do Norte devem juntar esforços em pesquisas na Área, intercâmbios de estudantes e fundar laboratórios conjuntos.

HaverÁ compartilhamento de informações em tecnologia da informação, engenharia, biotecnologia, energia renovÁvel, meio ambiente, desenvovimento sustentÁvel e tecnologia na agricultura.

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.