Lançada a rádio SOMM, a nova plataforma streaming que se adequa ao gosto do ouvinte

Para quem esteve no exterior, e utilizou serviços como o Pandora, jÁ deve ter percebido a ausência de uma plataforma equivalente no Brasil, jÁ que muitas vezes estes serviços tem limitações legais e não estão disponíveis aqui no país. Como objetivo de preencher esta lacuna foi lançado o SOMM, rÁdio online que farÁ parte da rede social voltada a amantes da música Melody Box.

"Não estamos inventando a roda. Apenas observamos esse movimento que conta atualmente com cerca de 10 players no mercado internacional e acontece hÁ algum tempo. Traduzimos esse conceito pro Brasil, isso jÁ é consumado lÁ fora e que em breve serÁ aqui também", acrescenta Joana Carneiro, idealizadora da Melody Box.

A plataforma é gratuita, e seguirÁ um modelo semelhante ao presente em serviços no exterior. Quando você escutar a rÁdio SOMM no celular, tablets ou computador e tocar uma música que não curte ou não quer ouvir, você pode "pular" ou avaliar a faixa negativamente. Dessa maneira, o sistema continua com sua programação e toca outra música no lugar. Quanto mais participar, mais o aplicativo terÁ a sua cara e tocarÁ o que mais gosta de ouvir.

- Continua após a publicidade -

O acervo musical é formado por música internacional mainstream, música do mundo independente vindo do casting de artistas cadastrados na Melody Box seguido pela opinião dos fãs da rede e música brasileira mainstream. 

"Além do percentual que serÁ repassado ao Ecad, pretendemos direcionar um percentual da receita aos artistas mais executados da Melody Box. Assim, mesmo adicionando artistas mais renomados à SOMM, poderemos continuar investindo no desenvolvimento do mercado independente e favorecendo diretamente os novos artistas", garante Fernando Jardim, sócio de Joana.

Para ouvir a RÁdio SOMM, o conteúdo musical estÁ disponível no site www.somm.com.br e pelo aplicativo no celular, sendo que a aplicação possui versões para Android e iOS.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.