CTO da AMD, Mark Papermaster prevê futuro com "Computação Envolvente"

Diretor de Tecnologia da AMD, Mark Papermaster fez uma apresentação ontem no simpósio Hot Chips, que estÁ acontecendo nesta semana no Vale do Silício, para apresentar o que ele imagina como a Surround Computing Era (ou Era da Computação Envolvente, em tradução livre). O CTO também revelou novos detalhes sobre arquiteturas de processadores e metodologias que devem ajudar as empresas de tecnologia a chegar ao patamar vislumbrado por Papermaster. Os slides completos da apresentação podem ser vistos neste link.

No entendimento do diretor, Surround Computing é uma "extensão das tendências que levam a um abiente de computação penetrante", quando a tecnologia torna-se parte completamente natural e imperceptível no dia a dia.



 

- Continua após a publicidade -

Uma das previsões de Papermaster é um mundo sem teclados e mouse, onde as interação seria baseada em comandos de voz e reconhecimento facial. O objetivo final desse projeto seria criar aparelhos que entreguem informações relevantes de maneira inteligente, em diversas aplicações futurísticas.

As principais ferramentas para criar esse ambiente tecnológico seriam CPUs e GPUs aprimoradas, uma lógica de funções fixas e tecidos interconectados. A AMD, segundo o diretor, estÁ na liderança desta corrida para criar aparelhos que compreendem os usuÁrios e se antecipam às necessidades, guiados por interfaces naturais.

De acordo com o diretor, a jornada que levarÁ empresas de tecnologia até a era do Surround Computing não serÁ menos desafiadora - nem sequer menos emocionante - do que as duas décadas que transformaram o processamento grÁfico de jogos como "Pong" no estÁgio atual de realismo.

 

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.