Pesquisa indica que 47% dos gamers são do sexo feminino

Uma pesquisa recentemente feita pela Entertainment Software Association (ESA) indica que as mulheres têm participação quase igualitÁria à dos homens no hÁbito de se divertir com jogos eletrônicos. O total de jogadoras corresponde à 47% dentre todos os jogadores americanos participantes no hobby.

Outros dados descobertos com o estudo é que a idade média de todos os jogadores em 2012 é de 30 anos. Ou seja, jogar games jÁ deixou de ser infantil ou prÁtica majoritÁria de criança hÁ muito tempo. Além disso, 66% dos pais cujos filhos jogam regularmente dizem acreditar que a prÁtica traz benefícios como educação sobre diversos temas através de estímulo mental contínuo. Isso, inclusive, fazem-nos sentar e se divertirem com os filhos em horas de puro entretenimento familiar. 

"Jogos de computador e videogames estão por toda parte. Hoje, praticamente todo dispositivo quem possui uma tela é palco para jogos, fornecendo experiências de entretenimento interativo para uma população extremamente diversificada. As inovações dos desenvolvedores instigam a compra desses produtos e ajudam a solidificar essa indústria como uma das mais importantes e marcantes na economia dos Estados Unidos", explicou Michael Gallagher, presidente da ESA.

- Continua após a publicidade -

Para ter saber mais sobre a pesquisa, acesse o documento completo (em inglês) compilado pela ESA.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.