Motorola lança site para destravar aparelhos, mas avisa que você pode morrer no processo

A Motorola lançou a pÁgina "Unlock my Device", onde a empresa auxilia o usuÁrio a destravar o bootloader de seus dispositivos, e assim tornar possível alterações e hacks no sistema operacional. A pÁgina é bastante intuitiva, com instruções bem claras de como o processo deve ser efetuado.


E eu que achava perder a garantia ruim... 

Após passar por uma pÁgina cheia de avisos sobre os riscos de realizar o destravamento do bootloader, o que inclui, para nossa surpresa, coisas violar leis, causar danos a propriedades, ferimentos e morte, o usuÁrio começa o processo de destravamento. Para realizÁ-lo, é preciso primeiro enviar alguns dados, como o login no MotoCast ID (ex-MotoBlur), processo que todo usuÁrio de um aparelho da empresa jÁ criou ao ligar seu dispositivo pela primeira vez, e que provavelmente não morreu durante esta ação.

- Continua após a publicidade -

A ação vai de encontro ao que jÁ foi feito por outras fabricantes, e facilita a modificação do sistema operacional do aparelho, ação comum entre entusiastas, especialmente em plataformas opensource como o Android. Como o esperado, a Motorola afirma que o usuÁrio perde a garantia do aparelho, ao realizar o desbloqueio. Outro porém, pelo menos por hora, é que poucos aparelhos estão recebendo suporte ao "desbloqueio oficial", caso de tablets Xoom e smartphones Razr e Photon Q.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.