NASA utliliza tecnologia 3D para controle do Curiosity em Marte

O time da NASA responsÁvel por pilotar o robô Curiosity utiliza o óculos NVIDIA 3D Vision para ver Marte em três dimensões e planejar as suas ações em um ambiente virtual que se assemelha a um game. A equipe, do Jet Propulsion Laboratory (JPL), faz também uso de placas de vídeo NVIDIA Quadro 5000 e monitores de LCD Planar 3D Vision-ready de 120 Hz para assistir a uma renderização realística do Curiosity se movendo pelo planeta vermelho em tempo real. O sistema deve permitir que a exploração seja mais rÁpida, assim como sucesso da missão.

Repórter do Gizmodo testa o simulador


Os cientistas da JPL desenvolveram a técnica para conseguir superar o desafio que é controlar um veículo a 652 milhões de quilômetros, o suficiente para dar mais de 16 mil voltas na Terra. A distância faz com que o sinal leve 14 minutos para chegar a Marte, impossibilitando que seja pilotado como carro por controle remoto. Até que o piloto reconheça um perigo e diga ao robô para parar, poderia ser tarde demais. Assim, a equipe utiliza um ambiente simulado para testar cada ação antes de tomar o próximo passo.


- Continua após a publicidade -

Foi criado um ambiente totalmente tridimensional do terreno de Marte a partir das imagens capturadas pelo Curiosity. Ao inserir um modelo 3D detalhado do robô, o time da JPL pode avaliar cada ação para prever como ele reagiria. Isso ajuda não apenas na navegação, mas também os ajuda a testar complicados movimentos do braço robótico, como perfuração ou coleta de amostras do solo.

Assuntos
Tags
  • Redator: César Massaki Teshima Soto

    César Massaki Teshima Soto

    Graduando de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, ganhou um Mega Drive aos 5 anos, mas nunca conseguiu fazer final em Sonic 2. Navegava pelas salas de bate papo nos tempos da internet discada e até hoje procura o disquete perdido com seu jogo salvo do América-MG no Elifoot 98.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.