WhatsApp atualiza aplicativo para dar suporte ao nono dígito de celulares em SP

Após a inclusão do nono dígito em celulares da região metropolitana de São Paulo, o serviço do WhatsApp, aplicativo de mensagem instantânea baseado no número de telefone do aparelho, passou a ter problemas para operar com usuÁrios com celulares da Área 11. Muitos usuÁrios ficaram na dúvida da forma como deveriam proceder, não sabendo se deveriam alterar seu número para o novo ou manter o atual. A empresa avisou, através do Twitter, que solucionou o problema, e que o aplicativo voltou a operar tanto com quem alterou para o novo número, quanto para quem ainda manteve o antigo.

O problema atingiu apenas os usuÁrios da Área 11, e para resolver a incompatibilidade o WhatsApp precisou desativar o serviço por três horas, para usuÁrios desta região. A adição de um nono dígito nos celulares foi adotada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para ampliar o número de combinações existentes, permitindo assim o atendimento da crescente demanda de novos usuÁrios. Como o serviço do WhatsApp se basea nos número da linha do celular, para criar a conta, esta mudança fez com que o serviço passasse a não funcionar corretamente.

O WhatsApp é um aplicativo multiplataforma para envio de mensagens de texto, através da conexão com a internet. Ganhou muita popularidade por utilizar os número real da linha, sendo possível ver facilmente se a outra pessoa possui o aplicativo, e se jÁ viu a mensagem enviada. Outra vantagem é que o app suporta interações mais complexas, como envio de fotos e de geolocalização de forma mais eficiente que as SMS e MMS tradicionais.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.