DLCs de hoje não têm bom conteúdo e não deveriam ser pagos, diz produtora de The Witcher

Para muitos, a mania dos DLCs (downloadable contents) é um dos lados negativos desta geração dos jogos. Muitas vezes, produtoras anunciam seus pacotes extras antes mesmo de lançar seus games e cobram por isso de maneira abusiva. Agora, a CD Projekt RED, produtora da série "The Witcher", disse que esses conteúdos não deveriam ser pagos, mas apenas distribuídos como forma de completar a experiência.

"Sempre acreditamos nas DLCs gratuitas. Nós consideramos esse sistema como um serviço de pós-venda que não deveria cobrar nada por isso. Antigamente, até tínhamos expansões, mas elas eram tão grandiosas e realmente adicionavam à experiência como um todo que valiam os preços cobrados por ela", disse Konrad Tomaszkiewicz, diretor da série.

"Se as DLCs de hoje oferecessem a mesma quantidade e qualidade de conteúdo, até poderiam cobrar o valor que pedem, mas em grande parte nós vemos que não é assim: cobram demasiadamente caro algo que não chega a acrescentar tanto. É exatamente por isso que disponibilizamos nossas expansões gratuitamente. Isso é, também, uma forma de agradecer às pessoas que compraram nosso projeto em vez de adquiri-lo de forma ilegal por aí", completou.

Concordam que o preço das DLCs de hoje é alto pelo que chegam a oferecer, jogadores?

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.