Jogos e apps para celular passarão a ter classificação indicativa no Brasil

O Ministério da Justiça do Brasil determinou que os jogos e aplicativos para celular, que são vendidos ou baixados gratuitamente pela internet, passem a ter classificação indicativa.

Através da mudança, os usuÁrios de games e apps para as plataformas, como iOS e Android e computadores, passarão a ser informados sobre as respectivas faixas etÁrias recomendadas para cada produto. A medida se direciona para jogos disponibilizados para download, mas não valerÁ para games comercializados em dólar ou em lojas e sites em inglês..

De acordo com a portaria 1.643/2012, essa classificação fica sob responsabilidade das empresas que oferecem ou comercializam os títulos. Assim, elas poderão fazer a chamada autoclassificação e usar classificação estrangeira para isso, desde que ela seja aceita pelo MJ.

Quanto ao monitoramento, a responsabilidade ficarÁ com a Anatel, podendo ser contestada pelo órgão público.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.