Microsoft muda política de validação do Windows 8 para evitar pirataria

A Microsoft anunciou que mudou a forma de ativação do Windows 8 para evitar que o sistema operacional da empresa, que serÁ lançado no dia 26 de outubro, sofra com os mesmos problemas de pirataria das versões anteriores. Agora, as fabricantes dos equipamentos, as OEMs, terão que atrelar a ativação diretamente à BIOS de cada computador e não serÁ possível a utilização da mesma chave de produto para ativar múltiplas cópias do software.


O código de validação serÁ vendido diretamente pela Microsoft, para evitar que as mesmas chaves sejam vendidas múltiplas vezes. As OEMs ainda serão obrigadas a colar um adesivo de "Produto Genuíno da Microsoft" nas caixas das mÁquinas. Nas mÁquinas com versões anteriores a Redmond só exigia o certificado de autenticidade. Por enquanto, a medida se aplica somente ao Windows 8, o que não impede que a empresa comece a fazer isso com o Windows 7 também.


Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.