Sony admite não ter software 'matador' no PS Vita

A Sony parece reconhecer que o Playstation Vita não tem engrenado em vendas conforme previsões. Em entrevista ao site MCV, a empresa admitiu que uma causa da baixa saída do portÁtil se deve, em grande parte, à falta de jogos mais marcantes na plataforma.

"Realmente adoraríamos estar vendendo mais e ainda pretendemos fazer isso. Mas a chave do sucesso que buscamos reside no software. E a partir de setembro, com a chegada de 'LittleBigPlanet' a situação pode mudar porque é um game que exige outro nível de interação com as funcionalidades do Vita. E, é claro, com a chegada dos games third-party como 'Call of Duty', 'FIFA' e 'Assassin's Creed' ajudarão a reverter esse quadro", disse Fergal Gara.

"Então, nosso trabalho agora é potencializar os recursos do sistema com mais software de peso e dar mais razões às pessoas para comprar o Vita. No momento ainda não deslanchamos com muitos games de peso, mas temos todas as possibilidades para fazer isso daqui para frente", completou.

O Playstation Vita acumula 1.8 milhões de unidades vendidas pelo mundo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.