Nokia compra tecnologias para equipar câmeras de celular

A Nokia anunciou hoje que completou a aquisição parcial da empresa Scalado, especializada em tecnologia de imagens para telefones. Ao todo, o processo de organização para a compra durou um mês, sendo que cerca de 50 funcionÁrios devem migrar para o departamento de imagem da finlandesa Nokia a partir de agora. Patentes de tecnologias exclusivas também foram adquiridas.

Por razões que nenhuma das duas empresas quis comentar, a Scalado não foi vendida inteiramente. Para os usuÁrios, porém, isso faz pouca diferença. Os programas desenvolvidos pela empresa sueca no passado estarão nos celulares da empresa em breve.

Ainda não estÁ claro o que os finlandeses pretendem desenvolver com sua nova equipe a partir de agora. Apenas o blog oficial Conversations by Nokia, em um post que tratou da aquisição, conseguiu dar uma ideia de quais são os planos da empresa.

Nós também podemos mudar a maneira pela qual captamos memórias. Estamos falando de 'recapturar' momentos. Suas fotos podem conter tanta informação que você consegue voltar atrÁs e fazer novas fotos que são completamente diferentes.

- Continua após a publicidade -

Pelo que a declaração indica, em breve poderemos ter versões aprimoradas de programas como o Scalado Rewind, que você vê no vídeo abaixo. Ou então tecnologias semelhantes à usada pela Lytro, câmera que permite mudar o foco dos objetos mesmo depois que a foto é tirada. A Lytro inclusive utiliza sensores PureView, patenteados pela Nokia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Tulio Kruse de Morais

    Tulio Kruse de Morais

    Desmonstrando pouco talento para o esporte desde a primeira infância, encontrou consolo para o fracasso no Megaman do NES. Atualmente estuda Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina e procura avidamente por ferramentas digitais que melhorem seu desempenho na apuração.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.